sexta-feira, 24 de junho de 2011

A campanha anti-padronização ainda continua ativa, participem!

 
     A campanha contra padronização das pinturas do ônibus do Rio continua ativa. Anteontem, estive com os bombeiros na Alerj assinando o abaixo assinado pela anistia dos 400 guerreiros. Ainda esta semana e na semana que vem, pretendo entrar em contato com eles sobre nossa causa e sobre essa mudança de numeração de linhas sem critério. E na mesma semana, faremos uma nova rodada de divulgação do abaixo assinado nos principais locais de circulação do Rio. Embora esta mudança nas pinturas já esteja avançada, ainda há tempo de dete-la, pois ela assim como esta mudança desnecessára de numeração de linhas, estão trazendo um tremendo transtorno para empresas e passageiros. O exemplo mais gritante desta mundaça de linha é o caso da S27 ( Marechal Hermes - Urucânia), que havia mudado para 897 e agora é 738 confundindo rodoviários e passageiros. Por conta disso, nós também iremos criar um abaixo assinado para reverter esta mudança de linhas.
   Pedimos encarecidamente que participem deste abixao assinado e do outro que será criado em breve, pois entendemos que a população, icluindo os leitores deste blog, não são cobaias e muito menos palhaços. Por isso pedimos a colaboração de vocês. Leiam o texto do nosso amigo Alexandre Figueiredo.

CONTINUA PETIÇÃO CONTRA PADRONIZAÇÃO VISUAL DOS ÔNIBUS DO RJ



A petição contra a padronização visual dos ônibus do Rio de Janeiro continua valendo, apesar da repintura dos ônibus estar em estágio avançado e do grupo político de Eduardo Paes e Sérgio Cabral Filho praticamente ter "comprado" a adesão de alguns busólogos fluminenses.

Vale lembrar que não são todos os busólogos fluminenses, mesmo alguns que fotografam ônibus padronizados, que aderiram ao esquema. Até porque vários desses busólogos fotografam os ônibus de visual padronizado por uma simples questão de informação.
http://www.blogger.com/img/blank.gif
No entanto, há outros que passaram a ter uma conduta mais esnobe, arrogante, grosseira e até ofensiva, o que mostra o quanto estes estão do lado dos interesses anti-populares do grupo político de Paes e Cabral, e estão nervosos por verem que o que eles defendem não é do interesse da coletividade (ainda que tentem dizer o contrário).

Mas, em que pese essa situação, a petição continua valendo através do seguinte endereço:

http://www.petitiononline.com/alexfig2/petition.html

É preciso que os leitores participem dessa petição, mas procurem chamar seus amigos e familiares para fazer o mesmo. Essa campanha não conta com patrocinadores, é feita no mais puro interesse público.

Agora, o pessoal que ficar do lado da padronização visual, estará do lado de governantes que despejam moradores de casas populares, mandam prender bombeiros, estão de rabo preso com empreiteiros e dirigentes esportivos e pouco estão se lixando com o sofrimento das classes"

Nenhum comentário:

Postar um comentário