quinta-feira, 30 de junho de 2016

VÍDEO CITA EXTINÇÃO DA LIGAÇÃO ZONA NORTE x ZONA SUL COMO FORMA DE DISCRIMINAR OS POBRES NO RJ

OS ACIDENTES COM OS ÔNIBUS "PADRONIZADOS" SÃO APENAS UM ASPECTO DA TRAGÉDIA CARIOCA.

Um vídeo mostra o quanto o PMDB, que se vê em uma administração retrógrada e corrupta no Governo Federal, já mostrou seus "podres" no Rio de Janeiro. Essa reportagem mostra os artifícios que as autoridades e os dirigentes olímpicos fazem para esconder o povo pobre e discriminá-los, garantindo um espetáculo turístico e esportivo somente para as elites.

A reportagem cita a extinção das linhas que passavam por Ramos até o Cosme Velho - 497 e 498 - como um meio de "higienizar" os acessos para o Corcovado, e as extinções de linhas com destino para as praias de Ipanema e Copacabana, restritas, quando muito, à Rua Siqueira Campos, junto à Estação do Metrô e no caminho para o morro Pavão-Pavãozinho.

Os noticiários internacionais estão cada vez mais preocupados com a decadência vertiginosa do Rio de Janeiro, antes considerado Estado-modelo para o Brasil e sua capital, cidade-modelo (apesar de seus defeitos típicos, como o crime organizado, o RJ ainda se vendia como "exemplo a ser seguido por todo o país), embora a chamada "boa sociedade carioca" até hoje esnobe essa decadência.

De vez em quando se vê, por exemplo, senhores de idade que comentam os noticiários com uma aparente ironia mordaz. "Não tem mais jeito no Rio de Janeiro". Não nos iludamos: é gente feliz e conformista fingindo indignação só para impressionar os amigos, mas que na verdade trata os problemas que atingem o RJ como se fossem uma piada.

Dias atrás, uma médica foi assassinada quando passava por um trecho da Linha Vermelha. Hoje de manhã mais houve mais um acidente com os tais "ônibus padronizados" do Rio de Janeiro, deixando seu habitual saldo de muitos feridos, no Centro carioca. A decadência do RJ está tão feia que até o sucessor de David Letterman, o apresentador Stephen Colbert, dos EUA, disse que o Rio 2016 "poderá ser uma catástrofe".

São fatos que refletem que a decadência do Rio de Janeiro (e lembremos de uma Niterói que se reduziu a uma "roça", com estabelecimentos comerciais de fechando enquanto o prefeito ganha prêmio de "empreendedor" com tanto "negócio fechado") vai muito além aos índices normais de uma metrópole pós-moderna, o que indica que a decadência do RJ é bem mais preocupante.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário