segunda-feira, 15 de agosto de 2011

ABAIXO A BUSOLOGIA DE GABINETE!!




Chega dessa busologia partidarizada, movida a politicagem, atrelada a dirigentes esportivos e tratando o povo que nem gado!!

O povo não pode ser usado para legitimar ou justificar interesses que, logo de cara, são exclusivamente privados.

A padronização visual é o pensamento único dos politiqueiros em forma de transporte.

O povo está sofrendo diante de tantos ônibus iguaizinhos. E não pode reclamar.

E ainda tem busólogo que não gosta de montagem despadronizada que devolve a identidade personalizada das empresas de ônibus.

Para ilustrar, mostramos aqui uma foto da Viação Verdun nos anos de chumbo e a Viação Verdun de hoje com a cor-fundo de chumbo da "embalagem de remédio".

Vamos deixar o peleguismo encartolado de lado. Viva a diversidade visual!! Abaixo a ditadura e a discriminação de cor nos ônibus!!

5 comentários:

  1. Olha isso:

    http://www.foraconsorcioleste4.com/2011/08/exclusivo-prefeitura-repassa-linha-de.html

    Acho que vale a pena falar :)

    ResponderExcluir
  2. Vamos deixar, também, esse Frankstein criado pelo sr.Eduardo Paes que é uma espécie de recriação da CTC bancado pela iniciativa privada que caracteriza a PP.

    ResponderExcluir
  3. Perfeito esse blog: http://terminallaranja.blogspot.com/2011/08/grande-ctc-de-eduardo-paes.html

    ResponderExcluir
  4. Aplicação da VIAÇÃO CIDADE DO RIO DE JANEIRO. Recentemente, vendo a comunidade dos Moderninhos, ops, o "Busólogos do RJ", foi postado especulações onde, futuramente, não veremos mais carros de 17 t e de 12 m com motor dianteiro.

    Nada contra os OH's, OET's, Volvo e Scania até pelo fato de ter gostado quando embarquei nos 9 veículos especiais que a antiga Santa Sofia teve os quais estavam no 786 sendo 3 OH's e 6 Volvos fabricados em 1987 e em 1988 com o modelo Ciferal-Padron Alvorada embora, hoje em dia, me lixo com chassis. Se tivesse um percentual "x"%, aí nada a opor pois teríamos ainda veículos de 17 t e com 12 m de comprimento convivendo aos O-500, VW17260 OET, etc.

    Estão pegando coisas de SP (não só na pintura, mas, essa bagunça de 1 empresa com mais de 1 prefixo), e de BH com essa exigência radical. Lembro de uma postagem do Flávio Assumpção na antiga comunidade "Eu Adoro Ônibus" no Orkut em 2006 alertando sobre o envelhecimento da frota como ocorreu em BH e, por isso, acabaram com essa exigência radical e veio a enxurrada de cabritos em BH.

    Para encerrar, me incomoda esse reboque da farda da VIAÇÃO CIDADE DO RIO DE JANEIRO com esses veículos especiais.

    ResponderExcluir